Brasil conquista 10 medalhas e brilha no atletismo no primeiro dia da ISF U15 Gymnasiade 2023

Rio de Janeiro – O Brasil mostrou sua força e talento no atletismo e fez bonito no primeiro dia de competições da ISF U15 Gymnasiade 2023, na UNIFA, em Deodoro, Rio de Janeiro. Com performances impressionantes, os estudantes-atletas brasileiros conquistaram dez medalhas, sendo três de ouro, reafirmando o país como um polo do atletismo mundial.

Nas diversas modalidades disputadas, o Brasil se destacou e subiu ao pódio em várias categorias. No salto em altura sub-15, Paulo Henrique Marques Teles deixou o público boquiaberto ao conquistar a medalha de ouro com uma marca impressionante de 1.90 metros. O estudante-atleta dedicou a sua medalha ao seu treinador, Eder Vaz, no qual o acompanha desde a infância.

“A sensação é muito boa, quero agradecer a minha equipe, meus familiares, todos que me apoiaram e claro ao meu técnico. Eu treino com ele desde os meus 6 anos de idade. Ele sempre está me auxiliando. Graças a ele que deu no que deu e eu consegui chegar ao topo do pódio”, disse emocionado Paulo, ao lado do seu treinador.

No arremesso de peso feminino, Ingrid Luana brilhou ao garantir a medalha de ouro para o Brasil no sub-18. Outros destaques não ficaram para trás: o arremesso de disco sub-15 trouxe a conquista do bronze para Gabriel Benícios, no sub-15, enquanto Vinícius Brito e Kevin de Souza brilharam no salto em altura sub-18, trazendo respectivamente as medalhas de bronze e prata.

Jovem promessa do atletismo brasileiro, Alberto Rodrigues conquistou mais um título na carreira e levou a medalha de ouro no arremesso de peso sub-18 e reforçou a presença marcante do Brasil na Gymnasiade 2023.

No salto em distância, Laura Fernanda Moraes Meira alcançou a medalha de prata, conquistando uma marca importante para o nosso país. Nos 100 metros sub-15, Beatriz Camargo Monteiro Silva mostrou sua garra e alcançou o bronze.

Cheio de orgulho do seu feito e segurando firme a medalha de ouro que conquistou na prova de 800 metros, sub-18, Vinícius Moraes Costa falou sobre a sua conquista na maior competição escolar do mundo.

“É sensacional, cara, é uma coisa incrível, sabe? Às vezes são coisas que a gente nem espera. Mas a gente treina para caramba, se esforça, e aí quando vem uma vitória dessas, é algo realmente especial. Quando acontece, é surreal. Acredito que quando algo tem que ser, simplesmente é. O Brasil não é muito reconhecido no atletismo, e a gente tem que mostrar que a gente também é capaz. Somos brasileiros e também podemos conquistar. Vamos, Brasil”, disse Vinícius empolgado.

No entanto, as competições não param por aqui. Amanhã, em Deodoro, teremos mais provas emocionantes de atletismo, incluindo Salto em Altura, Arremesso de Disco, 100m com Barreiras, Arremesso de Peso, Salto em Distância e os 800 metros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *